segunda-feira, 10 de abril de 2017

CALOTE: Pseudo organizador não paga cachê e Mao e banda não realizam show em Catanduva-SP


O que era pra ser uma celebração Punk/Rock acabou se transformando em frustração para quem compareceu no Brauhaus Pub na cidade de Catanduva-SP. Nossa equipe já estava preparada para realização de uma matéria especial com a banda O Satânico Dr. Mao e os Espiões Secretos (Garotos Podres) quando fomos acionados por Nicolas Souza que foi o organizador do evento dizendo que por causa de R$ 500,00 a banda simplesmente havia deixado a cidade. Imediatamente nossa produção entrou em contato com Fernando Lopes que é o empresário da banda. O  mesmo nos informou que na verdade não haviam recebido o cachê, apenas uma parte do transporte e que ainda haviam gastado cerca de R$ 500,00 para estarem em Catanduva.

A revolta e decepção foi realmente muito grande, fato que obrigou o Sr. Nicolas Souza a devolver todo dinheiro do pessoal que estava na casa. Lembrado que o Pub Brauhaus nada teve haver com a organização e incidente, apenas cedeu espaço para realização do Festival.

Pelo que pudemos apurar, o organizador Nicolas Souza (que na verdade se chama Antonio Carlos Santana, vulgo Jim Jones) fez um único depósito que não correspondia nem a fração que ele ficou na responsabilidade de pagar. Na sexta-feira inclusive era para pelo menos ter pago as despesas com o transporte da banda. A equipe e integrantes da banda estavam desde o meio-dia no hotel esperando o pagamento, o que não aconteceu segundo informações de Fernando Lopes.

Nós da equipe Rock OnLine lamentamos profundamente que fatos como esse ainda aconteçam, o que acaba de certa forma MANCHANDO a cena por culpa de pessoas irresponsáveis como esse cidadão Antonio Carlos Santana (vulgo Jim Jones) pseudo Nicolas Souza.


QUEM É NICOLAS SOUZA:

Nome: Antonio Carlos Santana
47 anos
Conhecido como Jim Jones

Foi proprietário da empresa Truly Metal Rules sediada em Campinas-SP, que organizava excursões para shows em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Santa Catarina. Confira no link abaixo um pouco da história dessa PERSONA NON GRATA.