quinta-feira, 2 de março de 2017

Estudo conclui que o baixista é o mais importante em uma banda


O GuitarWorld.com publicou um estudo registrado na Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos em que o papel do baixista é considerado o mais importante em uma banda. A pesquisa foi realizada pela McMaster University, de Hamilton, Ontario. Nela, os participantes ouviam sons em tons altos e graves simultaneamente. Em algum momento, um dos tons fugia do ritmo. A conclusão foi que o ouvinte identificava os graves que saíam da linha com mais facilidade, indicando uma melhor cronometragem de codificação.

“O efeito de superioridade de baixa voz para o tempo de codificação explica a prática musical difundida de levar ritmo em instrumentos de baixo-faixa”, afirmam os autores do estudo, “e complementa os efeitos de superioridade previamente estabelecidos de alta voz para melodia”. Ou seja, se você toca Rock, Metal, Blues, Jazz ou qualquer outro estilo que valorize o aspecto rítmico, as pessoas são propensas a se guiar pelo groove do baixo.