quarta-feira, 16 de março de 2016

Release: Tygers of Pan Tang & Picture em Limeira-SP

Texto: Gustavo Troiano
 Fotos: Aline Romano 


A noite do dia 12 de março foi uma celebração ao bom e velho Heavy Metal dos anos 80, alias Limeira-SP vem se transformando realmente no reduto de grandes shows, desde o rock mais pesado até grandes clássicos. Quando chegamos ao Bar da Montanha por volta de quase 19h00 já podíamos respirar o que seria aquela noite. Muitos fãs de toda parte do Brasil a maioria com os trajes que marcaram essa época do metal.


Os primeiros a subir ao palco foi o Tygers of Pan Tang, banda liderada por Robb Weir que esbanjou simpatia e após o show atendeu todos de forma cordial; vale ressaltar que todos da banda estavam muito eufóricos, já que essa foi primeira passagem do Tygers pelo Brasil. Iacopo Meille o atual vocalista deu um show realmente, bem como Craig Ellis, Gavin Gray e Micky Crystal, enfim,  foram perfeitos na apresentação e no repertório que contou com os grandes clássicos e também algumas atuais.


Tivemos um intervalo apenas para recarregar as baterias e quando estávamos na parte da entrada do Bar eis que os caras do Picture já começavam a transitar por nós indo até o palco para dar a última passada de som antes do grande momento. Eles já estiveram no Bar da Montanha há quase dois anos atrás, mas a casa lotada significava o quanto os caras foram bem vindos.


Quando o show começou foi realmente um momento único, falo isso, pois acompanho as duas bandas desde os quinze anos, nunca pensei ver uma delas, quanto mais as duas e ainda juntas. Clássicos dos álbuns Diamond Dreamer e Eternal Dark rechearam a apresentação, o vigor, disposição e simpatia realmente foi matador. Os holandeses liderados por Rinus Vreugdenhil  fundador da banda estavam em plena forma. Pete Lovell, Andre Wullems, Laurens Bakker e Mike Ferguson mantiveram o som pesado e certeiro, sem frescura.


Foi realmente uma noite pra se guardar na memória, uma noite em que pudemos voltar aos anos 80; parabéns Edson Morais e todos do Bar da Montanha, e que venham novos momentos como este.